12 abril 2010

Cada qual no seu lugar

O meu amigo Bino bem relinchou, relinchou, relinchou, mas ela não foi sensível.
- Deixa lá Bino, não faltarão por aí amazonas que te queiram montar - dise-lhe a D. Mimi, a minha vizinha do 3º Dto, para o consolar.
Enviar um comentário