12 outubro 2018

| PODE SAIR CARO, AI PODE, PODE |


Segundo o nosso consultor jurídico, desde já é necessário saber como ficou o "tubo de escape". Ainda há sequelas visíveis e que afectam o "desempenho"? De acordo com a resposta, aconselharemos. Não queremos precipitações.