06 novembro 2012

Ronaldo afirmou apoiar a reeleição de Barack Obama

Mitt Romney ficou irritadíssimo e disse, alto e bom som, que "não há almoços grátis".
Não há, não senhor. Obama, em troca desta declaração de Ronaldo, irá anunciar publicamente, e depois de reeleito, que apoia Ronaldo na corrida à Bota d' Ouro. É naturalmente um apoio de peso, depois de também, publicamente, Ronaldo ter anunciado que se pudesse votaria nele próprio para a Bota d' Ouro.
Como se vê apoios não faltam e de peso. Messi que se cuide. E já agora outra fresquinha. Messi confessou aos amigos que o que vinha mesmo a calhar é que Passos Coelho também apoiasse Ronaldo. Porque será?


Sem comentários: