12 novembro 2012

Há quem lhe chame "coisas" piores

Gosto, não sei por quê, da forma carinhosa, sim, carinhosa como o Ricardo Araújo Pereira trata a Sr.ª Merkel: "A Gorda". É muito fofinho o epíteto.

Uma advertência. Não enfileiro no coro dos que só diabolizam a Chanceler Merkel. É que nem tudo o que ela diz, e que a nós diz respeito, me entra a 100 e sai a 200.

Enviar um comentário