13 maio 2010

Há dias assim

Os especuladores e a Al Qaeda atiraram a moeda ao ar para ver quem ia atacar a dívida pública portuguesa. Tivémos azar, a Al Qaeda perdeu.
Por outro lado, há portugueses a rezar para que Sócrates troque o Passos Coelho pelo Bin Laden. O meu amigo Bino já anunciou que para este peditório já não se importa de dar.
N. R.: "Aníbal" da Presidência da República justificou-se o silêncio com a visita papal.
Enviar um comentário