05 julho 2010

Amanhã, se acontecer

Amanhã saberei se a "noite" passou por ti de forma indiferente. Amanhã saberei se o negro da "noite" te beijou a alma e se finalmente te fez crescer. E depois desta "noite" ficarei a saber se há lugar para mim nos braços das estrelas que a manhã, se acontecer, apagará.

3 comentários:

Casemiro dos Plásticos disse...

ui andamos romanticos...

Bartolomeu disse...

foda-se... isto sim... é poesia!

elisabete disse...

quem olha para a figura não parece capaz de sentir e m. menos escrever estas coisas.gostei.