24 novembro 2017

| UMA IMPRESSORA 3D PARA BOLOS |

Pois claro. Foi a prenda que o meu amigo Bino deu à Ulma, que deixa as funções de governanta da D. Mimi e que acaba de enveredar pelo empreendedorismo, embora continue a viver lá em casa. O T15 da D. Mimi tem espaço de sobra para "acomodar" o novo desafio empresarial da Ulma.
Com a impressora 3D a Ulma vai poder fazer bolos de aniversário, bolos de casamento até 7 andares com um ou dois recuados, bolos de divórcio (agora com uma saída "doida") e depois toda aquela panóplia de bolos mais vulgares como o bolo de amêndoa, o bolo de chocolate, o bolo de bolota, folhados, etc., etc.. Só é preciso pôr a imaginação a funcionar.
Clientela? Não falta. E não é só o pessoal do condomínio, que pode encomendar e comprar na pastelaria da Celestinha. A Ulma aceita encomendas por e-mail e envia os bolos pela mesma via num prazo de 24 horas.
Quanto ao parceiro estratégico, já assinou um contrato de parceria com a Telepizza que irá reforçar a distribuição porta a porta.
Aspecto inovador: a Ulma aceita bitcoins. 
Á Ulma desejo a maior sorte do mundo. E se chegar a "Belmira" ficarei muito feliz.

NOTA: A imagem do "Bolo de Divórcio" é meramente ilustrativa e está de acordo com a "igualdade de género".

Enviar um comentário