30 novembro 2012

Seios "assassinos"

Correu por aí a notícia de que uma alemã foi acusada de tentar asfixiar o namorado entre os seios. De acordo com a mesma notícia, as "armas do crime" seriam copa 38DD. Ora se se tratasse de pistolas e de uma 6:35, bom não tinha dificuldade em reconhecer. Agora uma "copa 38DD" fia mais fino. Foi ao Google (onde julgavam que tinha ido) e confesso que imaginava que a "arma" usada era muito mais contundente.
Se querem a minha opinião, eu se fosse à defesa contra-atacava com uma crise de ansiedade, seguida de pânico, por parte da vítima, para além de uma manifesta inexperiência em lidar com "armamento" potencialmente "perigoso". Por outro lado, o uso do livro de instruções seria uma boa prática que poderia ter ajudado a evitar o "acidente".
Agora uma pergunta que impõe: A "arma do crime" vai ser exibida, como prova, em tribunal. Como advogado de acusação, não a dispensaria.
Finalmente, convenhamos que devem haver asfixias muito mais dolorosas,
Na foto abaixo, uma réplica da "arma do crime", uma 38DD.
 
 
 


22 novembro 2012

Totalmente de acordo

Do FaceBook. Achei piada a este pensamento pulicado pelo meu "amigo" FaceBookiano, Mesquita Mendes. Muito a propósito.
"Boa tarde a todos. Partilho aqui o meu pensamento do dia: Tenho escritório, tenho internet, tenho mail, tenho blog, vou criar uma página, tenho telemóvel, tenho experiência, sou sério, já trabalho há muitos anos, chegou a altura de roubar. Que acham?
Ass: Mesquita Mendes (Doutor com todas as letras)."

Estratégia

Lá diz a máxima: "Aprender com os erros dos outros, fica mais barato". Vamos ver.

15 novembro 2012

Prendinha de Natal

Não há dinheiro, todos sabemos. E que tal oferecer ao povo um novo "25 de Abril", mas agora a sério?

O dilema da coligação “Juntos por Braga”

A Assembleia Municipal de Braga aprovou, em reunião extraordinária, a manutenção do mapa das sessenta e duas freguesias do concelho de Braga, com os votos de todos os presidentes de junta de freguesia, repito, de todos os presidentes de junta e dos deputados das bancadas do PS, da CDU, BE e PPM. Ou seja, uma claríssima maioria foi favorável à manutenção das sessenta e duas freguesias de Braga, numa clara rejeição da Lei da Reorganização Administrativa Territorial Autárquica, aprovada na Assembleia da República com os votos favoráveis da coligação de governo PSD-CDS/PP.


Ora o pronunciamento a favor da manutenção do mapa de freguesias de Braga, tal como está, pela Assembleia Municipal de Braga, contrariado apenas pelos votos das bancadas do PSD e do CDS/PP, levanta um problema sério à coligação “Juntos por Braga” e que urge rapidamente esclarecer: De que lado está a coligação? Do lado das freguesias, ou do lado do governo? É que a posição de voto, quer no executivo camarário, quer na assembleia municipal, está em flagrante contradição com o voto dos autarcas de freguesia da coligação “Juntos por Braga”. Então em que ficamos? É que as populações das freguesias de Braga querem saber, muito legitimamente, de que lado está o líder da coligação “Juntos por Braga”. Se está com elas ou se está com uma lei que ele, ironicamente, classifica como “uma má lei”. E é nesta teia de contradições que os partidos da coligação, PSD e CDS/PP, e o próprio líder e candidato à Câmara de Braga nas eleições de 2013 têm “navegado”.


Para já ficamos a saber que o líder da coligação, diz que a lei é má, isto para tentar agradar às freguesias, mas no entanto defende a sua aplicação, apesar de má, repito, para agradar ao governo do seu partido. Ou seja, os bracarenses na sua sincera sabedoria já perceberam que o candidato da coligação “Juntos por Braga” à Câmara Municipal, num circense jogo de cintura, quer agradar a “Deus e ao diabo”. Mas o líder da oposição “Juntos por Braga” devia ser uma pessoa avisada e saber que, como se diz em Mateus 6:24, “Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há-de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro”.


Portanto, toda e qualquer argumentação que tem vindo a ser expendida pela coligação “Juntos por Braga” sobre esta matéria não deixa de ser um exercício do ridículo político, e já agora devolva-se a acusação de estar a “gerir demagogicamente este processo, com base num mero taticismo eleitoral”.


Mas este não é o único “pecado” da coligação “Juntos por Braga”, ou seja, a falta de lealdade para com as freguesias do concelho de Braga e as suas populações. É também a questão da relação de confiança política entre o líder da coligação “Juntos por Braga” e os presidentes de junta e demais eleitos pela mesma coligação nas freguesias.


O voto na última assembleia municipal dos presidentes de junta da coligação “Juntos por Braga”, tem uma consequência política importante. Em nome dos fregueses que os elegeram, têm o legítimo direito de exigirem do líder da coligação, e candidato a presidente da câmara, uma posição clara e inequívoca de repúdio da famigerada “má lei” da Reorganização Administrativa que determina a extinção de freguesias. A menos que queiram ser acusados de hipócritas e coniventes com alguém e um projecto político de uma coligação que, nas costas das populações, quer, afinal, “servir a dois senhores”.


Depois da posição política e dos argumentos expendidos pelo líder da coligação “Juntos por Braga” no executivo municipal e pelo líder da bancada do PSD na assembleia municipal, não terão sentido os senhores presidentes de junta eleitos pela coligação um valente “murro no estômago”? Como poderão aceitar concorrer nas futuras eleições por quem foi responsável e esteve de acordo com a uma lei de extinção de freguesias?

Só pode ser anedota

12 novembro 2012

Quem não tem pardais, caça Merkels

Ora aqui está. No serviço militar, foi atirador. Está explicada a arte e a queda.

Ai vai uma "rapidinha"


Não se faz. Cavaco concede a Merkel o mesmo tempo de audiência que costuma conceder ao PCP e ao BE. Seguro, na última audiência, esteve hora e meia com o PR. Isto merece uma leitura política, ou não?

Os olhos também comem e fica mais barato


Segundo a sr.ª Isabel Jonet, "não podemos comer bifes todos os dias". Portanto, meus amigos, desabituem-se. Que vício terrível esse. Mas para minimizar o trauma, comam com os olhos...

Há quem lhe chame "coisas" piores

Gosto, não sei por quê, da forma carinhosa, sim, carinhosa como o Ricardo Araújo Pereira trata a Sr.ª Merkel: "A Gorda". É muito fofinho o epíteto.

Uma advertência. Não enfileiro no coro dos que só diabolizam a Chanceler Merkel. É que nem tudo o que ela diz, e que a nós diz respeito, me entra a 100 e sai a 200.

Quem te mandou vir cá?

Convenhamos! Isto não se faz à "madrinha".

O pobrezinho do costume

Mais um "queixinhas". Com ela não dá, pá. Vira-te para a Isabel Jonet.


Assim é que é

Pois claro. Muito respeitinho com a "madrinha".

09 novembro 2012

Á "santinha"


Merkel quer levar Isabel Jonet para a Alemanha para acabar com o resto de pobrezinhos que por lá existe.
Também consta que a ONU quer Isabel Jonet como Alta Comissária para acabar com a fome no mundo.
Há quem diga por aí que Isabel Jonet ainda vai ser beatificada em vida pelo Papa.
Diz-se tanta coisa sobre a Isabel Jonet que Passos Coelho ainda a vai buscar para Ministra da Propaganda.

06 novembro 2012

Pois, não tem de quê

Não tem que agradecer, Dona Michelle. Os votos que eu caciquei no Alaska foram por amizade e nada mais. Por isso se quer ser simpática, basta que me convide parra a posse do Obama. Com avião e hotel pagos que a vida que vai por cá não dá para essas "festarolas".

Ronaldo afirmou apoiar a reeleição de Barack Obama

Mitt Romney ficou irritadíssimo e disse, alto e bom som, que "não há almoços grátis".
Não há, não senhor. Obama, em troca desta declaração de Ronaldo, irá anunciar publicamente, e depois de reeleito, que apoia Ronaldo na corrida à Bota d' Ouro. É naturalmente um apoio de peso, depois de também, publicamente, Ronaldo ter anunciado que se pudesse votaria nele próprio para a Bota d' Ouro.
Como se vê apoios não faltam e de peso. Messi que se cuide. E já agora outra fresquinha. Messi confessou aos amigos que o que vinha mesmo a calhar é que Passos Coelho também apoiasse Ronaldo. Porque será?