30 outubro 2009

Aproveitem que o velho não dura sempre


Algumas das suas clientes mais fiéis não quiseram deixar de manifestar a sua satisfação, deixando aqui o seu testemunho:


- O velho faz milagres. A minha banha nunca se sentiu tão leve e macia. Parece manteiga, diz o ceguinho do meu namorado. Quando se põe em cima de mim, pergunta sempre quem é a outra que está comigo.
- Graças a Deus que encontrei um massagista que soube explorar o meu lado oculto.


- Como hei-de dizer? Os versos fizeram-me rir a bom rir. Não se nota ainda uns restinhos?


- Acreditem que me vi negra para convencê-lo a fazer-me cócegas nas varizes.


- Ainda pensei que ele depilava, mas não. De resto, 5 estrelas.


- Foi superfixe. A dor que tinha nos cotovelos passou.


- Agora sou outra mulher. Não se nota? As massagens à coluna trouxeram-me de volta às danças de salão. O meu namorado ficou radiante.


- Claro que estou a festejar. O velho é uma máquina. Convenceu-me a ganhar músculo no peito. Já se nota alguma coisinha!


- Não sei como explicar. O velho deita-me de costas e fica a dizer uma ladainha que eu num percebo nada. Só sei que adormeço e quando acordo estou de barriga para o ar. Como o seguro morreu de velho, apalpo-me toda para ver se não falta nada.


- Os vizinhos chamam-me trinca-espinhas, mas por raiva. As massagens têm-me feito muito bem aos glúteos. E depois o raio do velho tem um jeitinho do caraças para dar umas palmadinhas que me fazem tremer toda. Ele diz que é próprio da energia positiva em ebulição.

Qual crise?

A isto se chama reserva estratégica, que sempre faz muito jeito, diz quem sabe. Acredito. E já agora enquanto uns trabalham, os outros podem descansar. Por exemplo, para quem tem gémeos deve dar um jeitaço.

A Tété, a nossa vizinha do 5º Dto, uma invejosa sem emenda, já fez saber cá no condomínio que se tivesse meia dúzia, às vezes nem essas lhe chegavam prás encomendas. Exagerada, chapou-lhe o meu amigo Bino na cara que já a conhece de fininho.

Bom, para os metrossexuais do prédio ao lado deixamos-lhes esta prenda. Nem mais nem menos que uns peitinhos de frango. Oferta da D. Mimi, a minha amiga do 3º Dto.

Convertida

- Olha, filha, gostos não se discutem, mas Fátima não é propriamente Miami ou a "caseira" Albufeira. E depois assim em pêlo a coisa ia dar pró torto. Pensa bem, que ainda estás a tempo.

28 outubro 2009

Será?

O meu amigo Bino vai proceder judicialmente contra a Johnson's por publicidade enganosa e criação de falsas expectativas. Pelo que conheço do que lhe saiu na rifa, tem carradas de razão. Assim o entenda a justiça.

Tá bem

- Prontus, tá bem, eu tiro os sapatos. Mas não resolve o problema de fundo. O isolamento é coisa de empreita.

26 outubro 2009

Paixão proibida

Olá Ludovina,
Pois não sou o Dr. Quintino. O coitado está de férias ou está com a gripe H1N19, a famosa gripe dos coiros. Olhe, não sei, mas o que sei é que me pediram para o substituir por uns dias e cá estou eu a fazer o frete e a ganhar uns cobres que a vida não está para brincadeiras. Por necessidade, ainda hoje o Engº Sócrates e uns tantos mynystros [sim Ludovina com y], dos quais 5 são mulheres, tiveram que tomar posse. É verdade é. A vida não está fácil para ninguém.
Já agora Ludovina, como ainda tenho uns minutitos para esgalhar uns apartes, permita-me um (). Tive uma colega na escola primária que se chamava Ludovina. Foi a única Ludovina que conheci na vida. Curioso, não acha? Se calhar é porque não mereci mais. Bom, adiante.
Analisando o seu caso, em abstrato [sua malandra, deu pela falta do c, não foi?], repito, em abstracto, a coisa não é fácil. Ó Ludovina, você é capaz de pensar em atirar-se ao namorado do seu marido, só porque ele está desempregado, conversa muito consigo e até a ajuda a fazer o jantar? Você julga que ele está afim de si? Como o seu marido chega tarde, ele só está consigo a fazer horas. Vá por mim e esqueça que está apaixonada pelo "mais que tudo" do seu marido. Olhe que se ele descobre, é muito menino para se zangar consigo. Ele há feitios com que não se pode brincar, entende? E depois isto é assim. Juizinho e vá por mim.
Olhe Ludovina e se me permite o conselho:


Até sempre Ludovina e vá dando notícias.

23 outubro 2009

O enigma

Dizem que se trata de uma reunião de mulheres à espera do homem perfeito.
Fiquei na dúvida e nem o meu amigo Bino, nem a D. Mimi, a minha vizinha do 3º Dto, conseguiram ajudar-me. Daí o recurso a peritos do Instituto de Medicina Legal. A testa alta evidenciada pelos esqueletos aponta para homens, dizem.
Assim sendo, o que era uma reunião de mulheres passa a reunião de homens. À espera, já se vê, de gajas boas, mesmo podres de boas.
O MaquiAbel e JB errou: No post abaixo onde se refere "Arquitecto", deve ler-se "Arquitecta". Faz sentido. Ao arquitecto e à arquitecta e ao público leitor, as nossas desculpas.

19 outubro 2009

Prémio de Arquitectura

Eis o vencedor do Prémio Internacional de Arquitectura, atribuído pelo MaquiAbel & JB
O Júri do MaquiAbel & JB decidiu atibuir o prémio pela criatividade e aturado estudo que conduziu à forma esteticamente elaborada que a imagem documenta. Trata-se, ao mesmo tempo, de uma original atracção turística que irá desenvolver a economia local. Estudos de mercado já realizados apontam para um nº anual de visitantes superior ao do Museu do Louvre ou da Disneylândia.
Ao Arquitecto, cujo nome omitimos até ao dia da gala em que entregaremos o prémio - 50.000 euros e um "coiso" das Caldas com 2,86m de envergadura - deixamos aqui a nossa mais sincera homenagem pela sabedoria com que soube prever que a conjugação dos desenhos do muro com o angulo do sol a uma determinada hora do dia ia dar esta original, sugestiva e brilhante sombra.
[O MaquiAbel & JB detém os direitos mundiais para a organização de excursões a este "santuário" fálico. Marque já o seu lugar. A próxima está sempre esgotada.]

15 outubro 2009

Entre marido e mulher mete-se um cão!

Ele beija o nosso cão e depois beija-me a mim!
Ó minha querida Vera:
Como eu a compreendo e, desde já, me solidarizo com a sua indignação!
Veja lá como é a ingratidão. Você compra o cão, gosta dele (sabe-se lá porquê, porque você não explica) e este lambe o seu marido depois de este o beijar. Que grande complicação. Até eu tive dificuldade em escrever este pedaço de prosa, chiça! Mas vamos ao que interessa. O que se passa é simplesmente lamentável e o cão é um sem vergonha, porque os homens, esses, já se sabe como são.
Mas ó Vera, você não acha que pode estar a exagerar nos termos dessa relação entre o cão e o seu marido? Não se diz que o cão é o melhor amigo do homem? Ora pois então! Está explicada essa inclinação canina pelo seu marido e este, bem educado, só retribui. Nada mais Vera.
Quanto ao cruzamento de línguas, é uma técnica como outra qualquer. De qualquer forma, em resultado daquele linguado o seu marido ainda a beija com muito mais paixão. Vê? Com muito mais paixão, diz você.
Ao que parece e segundo uma investigação da Universidade de Telavive, a saliva dos cães tem uma enzima conhecida, no meio científico, como a enzima da paixão. [Ufff... custou, mas lá encontrei a razão.]
Aqui está, Vera, a verdadeira explicação para a sua questão. Espero que se sinta satisfeita e vá disfrutando esse "ménage à trois" com gozo, alegria e muita paixão.
Mande sempre que aqui não há perguntas difíceis. Vale?!

13 outubro 2009

Renovar o condomínio...

... não é fácil. A menos que...


A D. Mimi, a administradora cá do condomínio e minha vizinha do 3º Dto, anda preocupada com a renovação do tecido social e político cá do prédio. Vai daí constituiu um grupo de trabalho, a que presido com muita honra, e o resultado a que chegamos, prontus, foi este.
Propusemos que se convidasse a Ana Drago e a Joana Amaral Dias. Duas catraias muito a propósito. Além de ficarem bem no sofá (não acham?) também não ficarão nada mal na cama (não concordam?).

03 outubro 2009

Vinha na revista "Sábado"

Mulheres atraentes param os cérebros deles

Revela um estudo de uma universidade holandesa. Os contactos com mulheres atractivas diminuem a actividade cerebral dos homens nos minutos seguintes.
Perante o "perigo" o meu amigo Bino não perdeu tempo. Despediu a secretária que tinha e agora a actividade cerebral dele melhorou 500%. Aquele cérebro até fumega! Não, não toma Cerebrum nem outra droga qualquer. Eis o segredo!

No outro dia fui visitá-lo e posso prová-lo. Em 5 minutos de espera, tive mais de 99 ideias brilhantes. Nunca me tinha acontecido uma coisa destas!