31 dezembro 2007

Fiquei sensibilizado

com a atitude das minhas amigas condóminas que, em pose pouco ortodoxa, me vieram desejar um Feliz Ano Novo. Seria pouco elegante da minha parte não aceitar tão semelhante gesto e que, já agora, torno extensivo a todos os amigos e amigas!

A D. Mimi, a minha vizinha do 3º Dto, acha que as meninas deviam ser mais recatadas e que quanto a rabos que 2008 seja mais pródigo.
- Por favor, D. Mimi, cada qual expressa-se da maneira que acha mais impressiva.

26 dezembro 2007

E preparem-se

Vem aí o 2008.

O MaquiAbel & JB deseja a todos os seus fornecedores, clientes e amigos um Novo Ano bem cheio e que faça esquecer 2007.
Haja fartura e tudo de bom!

24 dezembro 2007

O Natal do condomínio

Pois cá no condomínio juntámo-nos no Jantar de Natal, onde não faltou o bacalhau, o polvo, o perú e...as nossas queridas condóminas. O final apoteótico, onde não faltaram as prendinhas, constou da eleição da Miss "Mãe Natal".
Aqui fica o registo fotográfico para memória futura.
As vizinhas numa pose ousadíssima. O nosso vizinho e condómino Sr. Roque, o GNR, só de espreitar pelo canto do olho ficou vesgo. É que a Zulmirinha faz-lhe marcação em cima e não lhe dá largas para tanta fartura!

O meu amigo Bino, esse até pôs uns palitinhos nas pálpebras para que não lhe escapasse nada! E lá ia cantarolando "Encosta-te a mim".


A pose sempre sensual das meninas do 7º Frente. Qualquer uma delas podia ganhar o título [atributos não faltam], mas...

...the winner was:


A nossa queridinha Bubu. Convenhamos que foi bem entregue.
Pró ano há mais. Inté.

Silêncio, por favor


Jorge Palma é a voz mais outsider do panorama musical português. "Voo Nocturno", o novo álbum, é simplesmente fabuloso. A juntar a todos os anteriores.
Jorge Palma, o preferido cá do condomínio, passa a residente cá do MaquiAbel & JB. Façam o favor de ligar as cornetas e deliciem-se!

18 dezembro 2007

Pois podia lá esquecer

Eu sabia que faltava qualquer coisa na árvore de Natal cá do condomínio.
Que tal estes sininhos? Ora digam lá que não ficam mesmo a matar?
[O meu amigo Bino, que não conhece uma nota de música do tamanho dum camião, já prometeu que desta é que vai ser. Vai treinar o Jingle Bells neste mini-carrilhão.].
Aproveita Bino até que os dedos te doam. É que o Natal é só uma vez por ano e não quando um Bino quer.

15 dezembro 2007

Já está

Este ano coube-me a mim fazer a árvore de Natal. E sem falsas modéstias, posso-me gabar de ser original.Porque não decorá-la com alguns belos "exemplares das minhas amigas condóminas? Elas até acharam piada e não faltaram voluntárias.
Quem não achou piada nenhuma foi a D. Mimi, a minha vizinha do 3º Dto. e Administradora do condomínio. Feitios duma católica conservadora, embora não praticante.
- Porra, D. Mimi, alguma vez eu tinha de dar largas à minha reprimida criatividade - disse-lhe eu, sem a convencer.
O meu amigo Bino, esse exulta. Parece um puto. Não larga a árvore nem por nada.

05 dezembro 2007

200 orgasmos por dia é obra!

O barulho do comboio, o som do secador ou o movimento ritmado de uma fotocopiadora fazem com que a britânica Sarah Carmen, de 24 anos, obtenha, num dia normal, cerca de 200 orgasmos, informa o News of the World.
«Quando tudo começou, aos 19 anos, o meu namorado estranhou a quantidade de orgasmos que eu atingia durante o acto sexual», contou a esteticista britânica, que trabalha num salão de Londres. «Em seis meses, consegui 150 orgasmos por dia, e às vezes até chegava a 200», completou.
A britânica conta que o seu apetite sexual afasta os homens, que, segundo ela, não aguentam o ritmo e que, em alguns casos, se sentem frustrados por não fazerem quase esforço nenhum para que Sarah chegue ao clímax.
[O meu amigo Bino diz que é uma pena a Sarah não o conhecer. Quanto a frustrações está curado de vez. E deixa o telem. para uma qualquer eventualidade: 942727272.
A Ulma, a empregada da D. Mimi, a minha vizinha do 3º Dto, quando soube da novidade diz que com ela acontece o mesmo. Quando toco à campaínha do apartamento, diz ela que com os 3 toques da praxe são p'ra aí uns 50. A D. Mimi diz que já não vai lá nem com badaladas. É a vida.]
Ó gode meique mi calme, bate note tedei!

03 dezembro 2007

Homens emburrecem com loiras

Uma pesquisa concluiu que o desempenho intelectual dos homens cai quando são expostos a fotografias de mulheres loiras, refere a revista especializada Journal of Experimental Social Psychology.
O psicólogo social Thierry Meyer, da Universidade Pariz-X Nanterre, afirmou que «...as loiras têm o poder de fazer com que os homens ajam de forma mais burra».
[O meu amigo Bino está em total desacordo. Ele que fez as temporadas estivais no Algarve durante largos anos diz que as nórdicas "lhe abriram os olhinhos até às orelhas". Ora cá está um testemunho de peso e que de burro não tem nada.]