20 abril 2007

Bom fim-de-semana


A D. Mimi, a minha vizinha do 3º Dto, que já anda lá por perto, delirou com a notícia e já fez seguir, em nome do condomínio, um e-mail de protesto dirigido à direcção do Lar e outro de solidariedade para com o "pessoal da pesada".
Como ela diz, bem a propósito, "uma orgia sempre é mais saudável do que paneleirices como as aulas da Universidade para a 3ª Idade".

19 abril 2007

Não se faz...

Ao que consta uma "ex" encomendou um servicinho de magia negra e resultou!
O que é que um tipo pode fazer com uma língua destas, para além de arranhar o céu-da-boca? pergunto eu.
[A D. Mimi, a minha vizinha do 3º Dto, foi peremptória no seu veredicto: "Olhe vizinho, o que ele pode realmente fazer não sei; mas sei seguramente o que é que ele não pode realmente fazer". Ora aqui está mais uma conclusão definitiva e enigmática da minha amiga. O meu amigo Bino esfregou a língua (dele) de contente e lá foi dizendo que assim não teme a concorrência.]

17 abril 2007

Espaço Publicitário

Vânia Vanessa não passaria de uma "reles" alternadeira e nunca chegaria a "patroa", se não tivesse investido na sua formação. Agora tu também podes fazê-lo. [...]
NOVAS
OPORTUNIDADES
APRENDER COMPENSA

15 abril 2007

Por ser segunda...

Este "senhor", que ganhou a torradeira, o frigorífico e a máquina de lavar no mais popular e concorrido concurso da RTP1 de que há memória, teve também um "blogue" de papel. Aqui ficam algumas "pérolas" recolhidas do livro "O Diário de Salazar" de António Trabulo:

[20/9/51] Imaginar Christine a despir-se, expondo progressivamente o seu corpo elegante e perfumado tornou-se uma das minhas fantasias.

[14/12/65] Desconfio que o Manuel Cerejeira se masturbava diariamente no tempo dos “Grilos”. Pelo menos, fechava-se na casa de banho todos os fins de tarde e ficava lá mais de meia hora.

[A D. Mimi, a minha vizinha do 3º Dto, tinha de meter a colherada: O homem só tinha sexo na cabeça. O Bino, que não deixa nada pela metade, rematou: É por isso que deixou isto tudo f*****.]

12 abril 2007

Quem não tem cão, caça...

O sistema de videovigilância cá do prédio avariou. A solução encontrada foi recorrer à generosidade e ao voluntariado de algumas vizinhas disponíveis.
Sempre que chego, não sei porquê, tenho a sensação de que está à minha espera.
[A D. Mimi, a minha vizinha do 3º Dto, nem concorda nem discorda, mas lá vai dizendo que nem sempre o que parece é. Para grande desconsolo meu!]

Pois então...!

O Diário de Notícias de ontem noticiava que David Beckham tinha comprado, por 2 milhões de euros, um vibrador de platina com diamantes que deu de prenda à mulher, Victoria.
[O meu amigo Bino disse que ele, como prenda, ficava de borla! A D. Mimi, a minha vizinha do 3º Dto, acha, usando linguagem futebolística, que convém ter sempre dois para o mesmo lugar.]

11 abril 2007

Qualificar as portuguesas

A D. Mimi, a minha vizinha do 3º Dto e Administradora do Condomínio, convidou-me para presidir à Comissão Científica do próximo workshop para namoradas e afins cá do prédio. As formadoras são todas "ex" com experiência a potes naquela área.
[Já fiz chegar à D. Mimi a aceitação do honroso convite e duas caixas de namorados de plástico para as simulações pedagógicas.]

Por causa duns invejosos que andam por aí...

Declaro, sob compromisso de honra, que o meu Certificado de Habilitações foi emitido numa Quinta-Feira [que não foi Terça-Feira de Carnaval, nem Domingo, nem Dia Santo], no horário normal de expediente.

09 abril 2007

Extra-sensorial

A Ulma jura que não tem sonhos eróticos. Mas acorda durante a noite porque "sente" que alguém lhe acaricia a nudez.
[A D. Mimi, a minha vizinha do 3º Dto e patroa da Ulma, tem uma tese, algo consistente, para explicar o fenómeno: Só pode ser influência da "mão invisível" de Adam Smith.]

(Inde)pendente

[1] Afinal o que está em jogo são os "canudos". Do "antes". Porque o "agora" já foi.
[2] Inversão de papéis: Um ministro tem em mãos a "sentença" de quem o pode "sentenciar" politicamente. Seria uma falsa questão se os cães não latissem e se a democracia ainda estivesse em vésperas de carnaval.
[3] Porra! - vocifera a D. Mimi, a minha vizinha do 3º Dto, agora que ia frequentar na Independente um mestrado em "Assuntos Gerais", na variante dos "Condomínios Políticos".
[4] É preciso ter azar, digo eu.

02 abril 2007

Logo de manhã, é dose...

Cheguei mais cedo ao escritório e, surpresa das surpresas, dou com a minha secretária a fazer "aquecimento" com bola. Cá p'ra mim é mais uma daquelas dicas dos gurus da gestão para aumentar o nível de eficiência e produtividade.
Entretanto fiquei a saber que o Verão ainda está p'ra vir. A calcinha fio-dental está atrasada.